Estados, empresas e clubes responsáveis pelas obras nos estádios da Copa do Mundo pegaram emprestados R$ 4,3 bilhões de bancos públicos e de um fundo de desenvolvimento regional. As informações são de uma reportagem da Folha de S.Paulo divulgada nesta segunda-feira, dia 7 de julho.

 

Ainda segundo o jornal, o valor total do financiamento chegará a R$ 6,7 bilhões, considerando os juros que serão cobrados nos próximos anos.

 

A estimativa de gastos com juros é de R$ 2,4 bilhões. Com este dinheiro seria possível construir duas arenas como o estádio do Corinthians.

 

Leia mais informações aqui: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/07/1482063-juros-de-emprestimos-para-obras-de-estadios-pagariam-dois-itaqueroes.shtml