Clodoaldo Silva

Conheceu a natação como processo de reabilitação, em 1996, em Natal. Dois anos depois, participou de seu primeiro campeonato brasileiro, conquistando três ouros.

 

Em 2000, em seus primeiros Jogos Paralímpicos, em Sidney, o nadador garantiu três pratas e um bronze. Nos Jogos seguintes, em Atenas, foram seis medalhas de ouro e uma de prata, entrando para a história da natação paralímpica brasileira como o maior medalhista e marcando época por, além das medalhas, ter quatro recordes mundiais, cinco paraolímpicos e 11 parapan-americanos Em 2005, foi reconhecido pelo Comitê Paralímpico Internacional como melhor atleta paralímpico do mundo.

 

Para o futuro, ele sonha em estudar psicologia e se especializar em psicologia do esporte, além de atender muitas crianças e adolescentes no futuro Instituto Clodoaldo Silva. www.clodoaldosilva.com.br